9.7.10

Maquiagem Vegana

Essa semana descobri que a Urban Decay tem uma seção só de maquiagem vegana e quase enlouqueci! Tô tão acostumada a ter que ficar catando informações e mesmo assim não encontrar, que fiquei boba. Eles ainda oferecem uma lista pra você imprimir e levar na bolsa quando for às compras. *-*

É com certeza um exemplo a ser seguido pelas empresas brasileiras que ainda utilizam ingredientes de origem animal em alguns de seus produtos. O melhor, sem dúvida, seriam empresas 100% veganas. Mas saber que pelo menos algumas tem interesse em atender às nossas necessidades, já é uma grande coisa.

Más notícias: eles não enviam para fora dos EUA e são poucas as lojas virtuais e físicas que vendem os produtos no Brasil. Além disso, o preço é meio salgadinho.

Boas notícias: achei alguns produtos no Mercado Livre e no eBay. Apesar do preço, acho que vale a pena, pois quem testa fala super bem e recomenda. Pra completar, o design das embalagens é encantador.

Eu sei que sou exagerada nas reações, mas como maquiadora e vegana não poderia ter nada mais nada menos que um ataque do coração quando vi a Vegan Palette que, além de não conter ingredientes de origem animal, tem a embalagem feita em material reciclado e tinta de impressão à base de soja.

"Seis lindíssimas sombras que até uma carnívora adoraria. É a sua primeira paleta vegana!"

O produto mais procurado dessa marca é o Primer Potion, que é vegan também e tá na minha lista. Ele é aplicado nas pálpebras antes da sombra, intensificando as cores e fixando, o que faz a sua maquiagem durar muito mais tempo. A Vegan Palette tem uma versão desse primer.

Espero que tenham gostado dessa linha e se alguém aí já experimentou ou tem dicas de onde comprar, deixe um comentário. ;) Abaixo uma make feita com a Vegan Pallete. (imagem do site da UD)

6.7.10

"O Make" ou "A Make"?


Já é unanimidade substituir a palavra maquiagem por make, ainda mais em blogs, twitter e afins. Porém, algumas pessoas dizem/escrevem o make enquanto outras preferem a make. E isso me deixou em dúvida.
O correto mesmo seria usar o termo completo make-up, mas não adianta... nós abrasileiramos e encurtamos tudo! E na verdade, isso é um fenômeno natural e presente em vários idiomas.
Resolvi perguntar para uma amiga minha, a Ju Hickmann, que é professora de inglês, e ela respondeu mais ou menos o que eu já imaginava. Que, como no inglês não existe gênero no artigo, e a palavra substituída é do gênero feminino, o mais correto é dizer a make.

Dúvida sanada, não estou falando errado, então posso dormir tranquila ;D

Mas mais importante que isso é não usar produtos testados em animais para fazer A SUA MAKE! rsrsrs. Porque ficar linda sem torturar coelhinhos, gatos, ratinhos, cães e outros animais vale muito a pena!

A foto acima é do editorial sobre meu trabalho na 1ª edição da Santa Fashion :)

5.7.10

Novidades

Tudo começou com este despretensioso blog, só pra divulgar meu trabalho e trocar informações com o mundo. Aos poucos fui me envolvendo e descobrindo muitas coisas (boas e ruins) sobre a chamada blogosfera e algumas portas estão se abrindo desde então.
Como sempre fui meio relapsa com o BM, acabei me envolvendo com outros, mais a revista. Além de estar de saco cheio desse layout e de me sentir limitada por não conhecer muito a linguagem HTML e afins. Resultado disso: escrevo mais pra outros espaços do que pro meu! E acho até bem bom, pois é um compromisso com outras pessoas, mas ando com umas idéias e vou fazer um blog novo. Quando estiver tudo prontinho, vou tratar de divulgar ;)

Escrevo sobre beleza para a Santa Fashion Magazine desde janeiro, além de fazer todas as maquiagens e cabelos desde a primeira edição. Há cerca de um mês, tenho feito tutoriais para o Cosmeticagem que são publicados nas quintas-feiras. Depois fui convidada para ser colunista do Vista-se e "falar" sobre cosmética para vegetarianos e veganos, o que me deixou muito feliz, mas me fez sentir uma responsabilidade enorme. E semana passada assumi a seção de beleza do blog SF, onde publico matérias nas terças-feiras e tutoriais nas sextas. Exceto pela Santa Fashion, os outros blogs me apareceram graças ao twitter, ferramenta esta que me trouxe muitas informações preciosas nos últimos meses. Enfim... tô pegando o ritmo e espero poder lançar esse blog novo em breve, pois será um grande passo pra minha carreira e, espero, um passinho a mais para os animais.

Fiquem ligad@s!

2.7.10

Feito Brasil


Esses dias recebi um kit da Feito Brasil, que é uma empresa de cosméticos artesanais. De cara já gostei da identidade visual, toda linda! Depois gostei do cheiro, tudo bem perfumado. Mas eles conquistaram meu coração mesmo quando li na etiqueta abaixo: "...livre de Parabenos, óleo mineral e ingredientes de origem animal".

Não sei se todos os produtos são veganos, mas só de ler isso já se percebe que é uma empresa diferente das outras. Acreditem ou não, algumas empresas tem produtos veganos, mas não mencionam isso por receio de perder mercado! (O_o)
Enfim... manifesto aqui o meu apoio total às empresas que indicam nos rótulos que não testam em animais e/ou que são livres de ingredientes de origem animal. Isso é um avanço imenso que só agrega valor à imagem da empresa. Acho que nós, como consumidoras e consumidores, temos a responsabilidade e o direito de saber de onde vem aquilo que compramos.

Bom, sobre os produtos, já disse que são super cheirosos! O hidratante iluminador tem aroma de baunilha e hidrata mesmo. Deixa um brilho bem suave, com ar de pele viçosa. Esse sabonete de maracujá é incrível e tem até as sementinhas dentro.

Veio junto uma latinha, como se fosse um rolo de filme, com dois mini sabonetes em formato de coração. Um mimo! Fiquei super afim de experimentar o mousse hidratante dessa linha.

Pena que nunca vi pra vender aqui na minha cidade, mas dá pra comprar pelo site. Assim que eu souber se a glicerina que eles usam é de origem animal ou vegetal, vou levar esses sabonetes pro banho! hehe
E aí? Alguém já experimentou estes ou outros produtos da Feito Brasil?

Atualização: A Feito Brasil me informou que a empresa não utiliza matéria prima animal, ou seja, está liberada pra veganos! Acessem!
Related Posts with Thumbnails